Blog » Sensores de Visão » O que são Sensores Industriais?

O QUE SÃO SENSORES INDUSTRIAIS?

Quando se trata de automação aplicada à indústria, os Sensores Industriais apresentam-se como elementos essenciais para a base de qualquer sistema integrado e são componentes fundamentais para o controle inteligente de uma linha de produção. Isto ocorre pois com esses elementos pode-se medir processos e atividades de modo automatizado e sem a necessidade de intervenção humana.


Tudo isto é possível pois os sensores industriais funcionam como transdutores: eles recebem estímulos do ambiente (que sempre são de natureza física ou química) e transformam este estímulo em um sinal ou em um conjunto de dados. Desse modo, esta conversão de energia sempre se transforma em uma grandeza mensurável ou detectável.

Tendo isso em vista, estes equipamentos são, em geral, utilizados para extrair dados em tempo real de determinado trecho de uma linha de produção. Quando interpretados por um sistema, estes dados possibilitam um controle eficaz sobre a linha analisada, sendo possível identificar produtos defeituosos, ler códigos de embalagens, medir dimensões de peças e diversas outras aplicações.

Dessa forma, é possível categorizar os Sensores Industriais segundo a natureza do estímulo ao qual ele é sensível, como apresentado na figura abaixo.

Conforme a tabela, fica claro que a luz, por exemplo, é um estímulo comum a vários tipos de sensores, porém apenas os Sensores de Visão trazem Saídas Digitais e Protocolos de Dados como dois tipos de Sinais de Saída.

Ficou com alguma dúvida? Você pode compreender melhor o tema lendo mais artigos na nossa Biblioteca de Artigos sobre Sensores de Visão.

CONTEÚDOS RELACIONADOS

PRODUTOS RELACIONADOS

Quando se trata de automação aplicada à indústria, os Sensores Industriais apresentam-se como elementos essenciais para a base de qualquer sistema integrado e são componentes fundamentais para o controle inteligente de uma linha de produção. Isto ocorre pois com esses elementos pode-se medir processos e atividades de modo automatizado e sem a necessidade de intervenção humana.


Tudo isto é possível pois os sensores industriais funcionam como transdutores: eles recebem estímulos do ambiente (que sempre são de natureza física ou química) e transformam este estímulo em um sinal ou em um conjunto de dados. Desse modo, esta conversão de energia sempre se transforma em uma grandeza mensurável ou detectável.

Tendo isso em vista, estes equipamentos são, em geral, utilizados para extrair dados em tempo real de determinado trecho de uma linha de produção. Quando interpretados por um sistema, estes dados possibilitam um controle eficaz sobre a linha analisada, sendo possível identificar produtos defeituosos, ler códigos de embalagens, medir dimensões de peças e diversas outras aplicações.

Dessa forma, é possível categorizar os Sensores Industriais segundo a natureza do estímulo ao qual ele é sensível, como apresentado na figura abaixo.

Conforme a tabela, fica claro que a luz, por exemplo, é um estímulo comum a vários tipos de sensores, porém apenas os Sensores de Visão trazem Saídas Digitais e Protocolos de Dados como dois tipos de Sinais de Saída.

Ficou com alguma dúvida? Você pode compreender melhor o tema lendo mais artigos na nossa Biblioteca de Artigos sobre Sensores de Visão.

Quando se trata de automação aplicada à indústria, os Sensores Industriais apresentam-se como elementos essenciais para a base de qualquer sistema integrado e são componentes fundamentais para o controle inteligente de uma linha de produção. Isto ocorre pois com esses elementos pode-se medir processos e atividades de modo automatizado e sem a necessidade de intervenção humana.


Tudo isto é possível pois os sensores industriais funcionam como transdutores: eles recebem estímulos do ambiente (que sempre são de natureza física ou química) e transformam este estímulo em um sinal ou em um conjunto de dados. Desse modo, esta conversão de energia sempre se transforma em uma grandeza mensurável ou detectável.

Tendo isso em vista, estes equipamentos são, em geral, utilizados para extrair dados em tempo real de determinado trecho de uma linha de produção. Quando interpretados por um sistema, estes dados possibilitam um controle eficaz sobre a linha analisada, sendo possível identificar produtos defeituosos, ler códigos de embalagens, medir dimensões de peças e diversas outras aplicações.

Dessa forma, é possível categorizar os Sensores Industriais segundo a natureza do estímulo ao qual ele é sensível, como apresentado na figura abaixo.

Conforme a tabela, fica claro que a luz, por exemplo, é um estímulo comum a vários tipos de sensores, porém apenas os Sensores de Visão trazem Saídas Digitais e Protocolos de Dados como dois tipos de Sinais de Saída.

Ficou com alguma dúvida? Você pode compreender melhor o tema lendo mais artigos na nossa Biblioteca de Artigos sobre Sensores de Visão.

contato@mvisia.com.br

(+55) (11) 4302-5902
(+55) (11) 98982-2399 (WhatsApp)

Villa Lobos Office Park
Avenida Queiroz Filho, 1700 – Torre C, sala 704
Vila Hamburguesa, São Paulo/SP. CEP: 05319-000

© 2022 Blog MVISIA. Todos os direitos reservados

contato@mvisia.com.br

(+55) (11) 4302-5902
(+55) (11) 989822399 (WhatsApp)



Villa Lobos Office Park
Avenida Queiroz Filho, 1700 – Torre C, sala 704
Vila Hamburguesa, São Paulo/SP. CEP: 05319-000


© 2022 Blog MVISIA. Todos os direitos reservados